Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Give me 5 minutes

Give me 5 minutes

Reflexos

20161106_153307.jpg

Comenda| Gavião|Portalegre

Dia dos Namorados – Sugestões

Assinala-se no próximo dia 14 de fevereiro em Portugal e em muitos outros países o Dia dos Namorados ou dia de São Valentim,  como preferirem.
Este dia é hoje conhecido como o dia em que os casais demonstram o carinho e amor que sentem um pelo outro trocando mensagens, prendas, cartas etc.

Sei que muitos de vocês vão pensar mas ainda estamos em janeiro ainda falta muito tempo para 14 de fevereiro… mas meus amigos convençam-se que o tempo passa muito rápido e que o mais difícil é pensar o que oferecer. Depois de escolhida a prenda ou a surpresa que se quer oferecer ou fazer, o tempo já é muito curto porque as coisas começam a desaparecer das lojas rapidamente e os locais começam a estar todos reservados.

Assim, vou deixar aqui sugestões para todas as bolsas e todos os gostos.

Surpreender alguém nem sempre implica comprar alguma coisa. Podemos mostrar o quanto gostamos de alguém através de um DIY (isto para aquelas pessoas mais prendadas).

 

Para os mais habilidosos: 

  • Fazer um jantar romântico (o menu vai depender do gosto de cada um) devendo a decoração da mesa ser diferente da que fazem em dias “normais”;

 

                                                                 

  •  Um fondue de chocolate;

                                                                 

 

  • Escolham fotografias e uma música que de alguma forma tenham marcado os primeiros tempos da vossa relação, juntem tudo e façam  uma apresentação (podem usar o power point que com um pouco de criatividade faz umas coisinhas bem giras);

 

  • Podem fazer também uma caixa dos 5 sentidos que nada mais é do que escolherem algo relacionado com os 5 sentidos, por exemplo: para a audição, podem gravar um cd ou colocar numa pen a 1ª música que ouviram juntos, para o olfato, o 1º perfume que trocaram, podem oferecer uma miniatura de perfume se por acaso já não usam esse, para a visão, uma fotografia vossa  e por ai fora…  cada presente é embrulhado individualmente e serão colocados na caixa que poderão personalizar com fotografias a preto e branco por exemplo... existem muitas na internet além das que vos deixo aqui. Pesquisem e sejam criativos.

 

                                                           

 

 

Para aqueles que não tem tempo ou não tem jeito nenhum para estes DYI aqui vos deixo algumas sugestões :

 

Para ela:

  • Uma peça Pandora (um anel, um fio, uma pulseira,uns brincos, vejam mais sugestões aqui

                                                           

 

  • ChocoTelegram... Surpreendam a vossa cara metade com um telegrama em chocolate  a  My sweetes 4 you "oferece" diversas opções para todos os gostos e todas as bolsas. Para mais informação cliquem na imagem.

                                                          gosto_ti.jpg

  •  Um relógio dá sempre jeito e temos muito por onde escolher...

                                                       

 

  • Um livro é outra sugestão e poderão adquir em qualquer hipermercado, loja CTT ou podem encomendar on line na fnac ou na wook e recebem comodamente em casa. 

                                                            

 

 

  •  Um perfume... 

                                                         .

  •  Uma mala... aproveitem a época de saldos ou não... 

                                                         

 

 

  • Um ramo de flores  ( uma flor por cada ano de namoro)

 

                                                                 

 

  Para ele: 

  • Um relógio para o rapaz nunca se atrasar; 

                                                            

 

  • Uma carteira... 

                                                              

 

  • Um perfume... 

                                                             

 

  • Uma caneta

                                                             

  • Umas sapatilhas...pois temos que promover a atividade fisica para combater o sedentarismo ..

                                                              

  • Uma garrafa de vinho 

f2f7391a7e8b4afd964f41593cb4dab2.jpg

 

Como  dia 14  é a meio da semana, poucas pessoas terão disponibilidade para mais do que um jantar romântico. Para estes sugiro uma escapadinha no fim de semana imediatamente a seguir. 

 

Aveiro, Costa Nova, Sintra, Óbidos, Tróia, Monsaraz, Castelo de Vide, Marvão, Vila Viçosa são algumas sugestões.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Reflexos

20170501_142708.jpg

 Mosteiros| Portalegre

O Alentejo tremeu a 15 de janeiro.

Informa o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) que se registou ontem pelas 11H51 um sismo, cujo epicentro teve lugar em Arraiolos. Informa igualmente o IPMA, que o sismo alcançou 4.9 na escala de Richeter. Não sendo eu uma entendida na área, penso que a escala será medida até 10, o que significa que 4.9 terá sido um sismo ligeiro que poderá ter provocado algum tremor em objetos dentro das habitações, algum ruído, mas será improvável que tenha causado danos.

Encontrando-me no Alentejo a essa hora, estava tranquilamente no meu local de trabalho a trocar ideias com uma colega e apenas nos apercebemos de um ruído na janela, que ambas associámos a uma ventania com barulho de obras á mistura. Foi com grande surpresa que via facebook nos fomos apercebendo que pessoas na mesma zona reagiram de forma diferente, isto é, enquanto uns se assustaram bastante com o ruído e com tremor, outros tal como nós nem deram pela coisa… aconteceu o mesmo com alguns animais domésticos que se diz serem mais sensiveis a estes fenómenos do que os humanos, se uns ficaram desorientados e ou agitados outros porém dormiam tranquilamente. Ficou provado que ou não temos todos a mesma sensibilidade para estas situações ou não lhe atribuímos a mesma importância ou ainda poderá também ter acontecido estarmos num espaço com uma estrutura bem mais resistente e com um bom isolamento impossibilitando-nos de sentir  com mais intensidade o tremor e ouvir melhor o  ruído.

Mas este sismo ainda que ligeiro dá-nos que pensar … e se tivesse sido mais forte? Será que sabemos como agir para nos protegermos? Então lá fui á procura e encontrei o projeto KnowRisk (Know your city, Reduce seISmic risK through non-structural elements) este é um projeto financiado pela Comissão Europeia, que tem como objetivo aproximar as populações do conhecimento científico sobre a proteção contra o risco sísmico não estrutural.

O projeto alerta e sensibiliza o público através de iniciativas com as escolas e os cidadãos.”

O site disponibiliza muita informação não só para o cidadão como também para as escolas e para profissionais (pequenas empresas). Caso queiram saber um pouco mais podem aceder ao site aqui.

Não contente com esta descoberta e porque sabia que a proteção civil também tinha desenvolvido uma iniciativa para sensibilizar a população lá procurei e encontrei, intitula-se quando a “A terra treme”.

Este projeto tem como objetivo sensibilizar e alertar a população sobre como agir antes, durante e depois do sismo e tem vindo a ser promovido pela Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) de há 5 anos a esta parte no dia em que se assinala Dia Internacional para a Redução de Catástrofes das Nações Unidas. O projecto consite num desafio que é lançado á população e que tem a duração de um minuto.

Durante este minuto previamente divulgado (em 2017 realizou-se dia 13 de outubro pelas 10H13) a população está convidada a realizar o exercício que é composto por apenas 3 gestos básicos .

1) Baixar-se sobre os joelhos;

2) Proteger a cabeça e o pescoço com os braços e as mãos;

3) Aguardar até que a “terra pare de tremer”.

Parece simples e de facto é.  Mas quantos se lembrarão de colocar em prática estes três gestos básicos quando estiverem perante o fenómeno?

 

img_818x455$2017_10_11_17_02_53_675963.jpg

"Imagem retirada da net"

 

Reflexos

IMG_6637.JPG

 Troia |Marina

Levar, Doar, Ler e Devolver...

Passeava eu no passado mês de dezembro pelas ruas em Campo de Ourique quando junto ao jardim da Parada, agora Jardim de Teófilo Braga me deparei com uma antiga cabine telefónica, daquelas bem giras parecidas com as de londres onde meio mundo tira a foto tradicional.

A cabine, identificada com o logotipo da PT é  exteriormente igual a tantas outras, pintada de vermelho vivo e com uma imagem muito apelativa que convida a entrar. No entanto e apesar de no topo da cabine se ler “cabine de leitura” nunca imaginei que no lugar onde supostamente deveria estar um  telefone  fosse encontrar  uma estante repleta de livros.

Curiosa como sou por ali andei a colher mais informação sobre o projeto que passo explicar.

Estas micro bibliotecas ou como estão identificadas cabines de leitura são dinamizados pela Fundação PT em parceria com as autarquias. A PT reaproveita as cabines telefónicas antigas e estas têm como função fomentar a leitura principalmente junto dos mais novos estando por esse motivo colocadas em espaços de lazer, como os jardins por exemplo.

O conceito do projeto é muito simples e explicito “Levar, doar, ler, devolver” e funciona de uma forma mais simples ainda, o levantamento de um livro carece da entrega de outro, promovendo desta forma  o aumento do acervo e alguma rotatividade nos livros.

A informação sobre horários e regras de funcionamento são disponibilizadas na porta da cabine no entanto e  sem certezas penso  que o trabalho das cabines é assegurado por voluntários que procedem à manutenção e vigilância e que entre eles se organizam para abrir, acompanhar e  fechar as cabines .

Por último e a título de curiosidade descobri ainda que numa fase inicial e para arrancar com o projeto os livros nas cabines de leituras foram doados por editoras, e particulares sendo através deste últimos que o projeto pretende  crescer.

E a vossa cidade já tem uma cabine de leitura?

 

Nota: Se por ai alguém tiver mais informação deixe aqui nos comentários

 

 

20171209_113235.jpg

 

Pág. 1/2