Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Give me 5 minutes

Give me 5 minutes

A verdade dos provérbios e dos ditados populares

Uma das coisas que tendo tido a sua origem na antiguidade e que  ainda hoje  permanece viva são os provérbios e os ditados populares.

Estes, sendo um reflexo da vida de antigamente  em que se expresavam as verdades,  e as experiências vividas, mantêm-se  actuais ainda nos nossos dias continuando a passar de geração em geração.  É comum serem proferidos  quer por jovens como pelos menos jovens. Prova viva de que o boca a boca é a melhor e mais eficiente forma de passar a mensagem.

Como cultura de um povo eles  têm feito e continuarão a fazer  parte da nossa vida.

Foi por isso que me lembrei de escrever sobre eles.  Como passamos algum tempo  em salas de espera ou em filas intermináveis nos supermercados e outros , quer queiramos quer  não , acabamos por ouvir as conversas das pessoas que estão próximas de nós. Foi nesta escuta que apurei quais os ditados e provérbios populares mais usados  na minha zona.

 

  1. Bicho-de-sete-cabeças
  2. Com o rei na barriga
  3. Com a corda toda
  4. Com a corda no pescoço
  5. Favas contadas
  6. Fazer ouvidos de mercador
  7. Tapar o sol com a peneira
  8. Ave de mau agouro
  9. Mais vale um pássaro na mão que dois a voar
  10. Farinha do mesmo saco
  11. Sangria desatada
  12. Colocar panos quentes
  13. Cor de burro quando foge
  14. De pequenino é que se torce o pepino
  15. Salvo pelo gongo
  16. Comer com os olhos
  17. Amigo da onça
  18. Como sardinha em lata
  19. Pior cego é o que não quer ver
  20. Andar à toa
  21. Casa de mãe Joana
  22. Onde judas perdeu as botas
  23. Quem não tem cão caça com gato
  24. Pensando na morte da bezerra
  25. Não entender patavina
  26. Jurar de pés junto
  27. Testa de ferro
  28. Lágrimas de crocodilo
  29. Fila indiana
  30. Queimar as pestanas
  31. Sem papas na língua
  32. Maria vai com as outras
  33. Tão ladrão é o que vai à horat como o que fica à porta
  34. Zangam-se as comadres, descobrem-se as verdades
  35. A galinha da vizinha é sempre melhor que a minha
  36. A justiça tarda mas não falha
  37. A necessidade aguça o engenho
  38. A ocasião faz o ladrão
  39. A palavra é de  prata e o silêncio é de ouro
  40. Águas passadas não movem moinhos
  41. Albarda-se o burro à vontade do dono
  42. Amor com amor se paga
  43. Amigos, amigos, negócios à parte
  44. Mais vale prevenir do que remediar
  45. Mais vale tarde que nunca
  46. Palavras leva-as o vento
  47. Para baixo todos os santos ajudam
  48. Para lá do marão mandam os que lá estão
  49. Preso por ter cão e preso por não ter
  50. Tempo é dinheiro

Estes foram os 50 selecionados, porque foi os que mais vezes ouvi mas  existem muitos mais.

Desta lista quais são os que vocês mais usam ou os que mais ouvem na vossa zona?

Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.