Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Give me 5 minutes

Give me 5 minutes

Explorar o Ilhéu da Papôa

“Na costa norte de Peniche, surge uma pequena península com calcário e brecha vulcânica, conhecida por ilhéu da Papôa. Esta formação rochosa apresenta um modelado cársico, sendo um local de pesca bastante procurado, proporcionando, também, belas vistas para o mar.


O ilhéu da Papôa demarca o início da praia do Baleal, é refúgio dos surfistas quando o vento sopra de sudeste e também um excelente local para observação de aves marinhas.”

Para chegar a este ermo  terão que entrar em Peniche, e daí seguir para o Ilhéu da Papôa, ou a Papôa propriamente dita.

Chegando lá avançam por um estreito atravessando o passadiço montado para esse efeito. O trilho está bem sinalizado e as escadas que nos levam até lá mantêm-se em boas condições, ainda assim requer algum cuidado extra em dias de mar revolto e vento intenso, devendo os visitantes utilizar sapatos adequados. (aquando da minha visita vi imensas pessoas a usar havaianas. Sendo estes trilhos estreitos em alguns lugres e apresentando algum declive, o uso de sapatos adequados é essencial senão vital).

Para além da magnífica vista que poderão usufruir no ilhéu da Papôa sugiro também a observação das fantásticas “construções” de pedra que pela sua originalidade e singularidade devem ser uma das coisas mais fotografadas em Papôa.

Termino este post parafraseando Antoine de Saint-Exupery "Um monte de pedras deixa de ser um monte de pedras no momento em que um único homem o contempla, nascendo dentro dele a imagem de uma catedral.

Espero que as poucas fotografias sejam suficientes para despertar a vossa curiosidade  e que este seja um dos destinos de um dia feriado  ou fim de semana.